Home Edições RCL 41 _ Design Tecnologia Game Design: seis sábios cegos e um elefante

RCL 41 _ Design

Game Design: seis sábios cegos e um elefante

Neste artigo argumenta-se que os jogos digitais são objectos complexos que pressupõem uma troca de ideias constante com áreas muito diversificadas da cultura digital contemporânea. Opta-se por uma interpretação aberta a partir de uma «imagem geral» do campo em estudo e admite-se que é a partir desta «imagem geral» que cada especialidade é criada. Considera-se que os jogos digitais são os filhos pródigos da simulação numérica e aqueles que melhor exprimem um conjunto de experiências narrativas inerentes a toda a cultura digital. As ficções interactivas lúdicas trabalham para esclarecer o envolvimento que temos com outros media como a televisão, o cinema e a música. Estes artefactos exploram relações e sentidos de interacção, desenvolvem novos contextos de comunicação e geram, por via da simulação, um potencial transformativo que se centra numa combinação significante de diferentes factores: culturais, industriais, tecnológicos e sociais. A experiência da acção inerente à jogabilidade (gameplay) apela ao desenvolvimento de ficções processuais diversificadas em espaços e modos temporais múltiplos e polissémicos.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.