RCL 38 _ Mediação dos Saberes

O Novo Ethos Científico e a Biotecnologia

A partir dos anos 1980, assistimos à intensificação da ligação entre a ciência, o mundo industrial e as opções económicas e políticas. No centro deste processo, encontram-se as alterações nos modos de produção dos conhecimentos, na natureza das suas instituições, nas epistemologias e na sua relação com o mundo. A relação moderna entre o conhecimento científico e a esfera industrial foi revolvida e, mais do que estar ao serviço da tecnologia e da indústria, a ciência encontra-se hoje determinada por elas. É nesta afinidade electiva que se revela a mudança dos saberes, em laboratórios universitários e de outras organizações. Na sequência da transformação da ciência em organização burocrática de grande escala apostada na esfera da produção, durante e após a Segunda Guerra Mundial, entra em cena a nova tecnociência empresarializada. No presente texto, são apresentadas algumas das modificações no modo de produção das ciências, com base no exemplo emblemático das novas biotecnologias, simultaneamente indicadoras e promotoras do novo ethos científico.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.