Home Edições RCL 37 _ Arte e Comunicação Arte e Media A obra de arte e o fim da era do singular

RCL 37 _ Arte e Comunicação

A obra de arte e o fim da era do singular

Em plena era da reprodutibilidade técnica, torna-se necessário afirmar com a maior das contundências o fim da obra como singularidade e daí extrair todas as consequências deste facto. É a isso que se propõe este artigo, onde são enumeradas as mais relevantes alterações para a própria concepção de obra de arte (o fim da arte como bem de mercado, o fim do «receptor» como sujeito individual, o fim do predomínio duma arte estática do espaço sobre uma arte contínua do tempo, o fim da estética como esfera separada do mundo da vida), bem como as resistências que fazem tardar a essa revolução estética em curso.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.