Home Edições RCL 36 _ Retórica Ensaios O problema realmente difícil: Consciência, gnose e os limites da explanação»

RCL 36 _ Retórica

O problema realmente difícil: Consciência, gnose e os limites da explanação»

Meio século depois do existencialismo, há hoje uma renovada vontade de reflectir sobre o fenómeno dos qualia da consciência, o «difícil problema», como lhe chama David Chalmers. A investigação é agora conduzida pela filosofia da mente e pelas mais diversas ciências da cognição, todas em busca de uma explanação da consciência. Contudo, aquilo de que necessitamos não é uma explanação mas sim uma apreciação dos limites de qualquer explanação e do carácter paradoxal da consciência, isto é, não a inteligibilidade mas sim o sentido. Tal foi também a busca que empreenderam os gnósticos -- desde que tenhamos em conta a sua terminologia estritamente religiosa --, algo que só pode ser alcançado se nos libertarmos relativamente a qualquer quadro explanatório, se nos interessarmos por todas as representações não privilegiando nenhuma. As nossas representações do mundo revelam ao mesmo tempo que ocultam -- explanar o ser enquanto facto ou explaná-lo enquanto acontecimento conduz a descrições incompatíveis da mesma realidade --; a gnose (e a filosofia de Heidegger foi de certa maneira uma forma moderna de gnose) pode muito bem ser aquilo que permite atingir uma aproximação mais estreita a essa interacção entre inteligibilidade e sentido.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.