Home Edições RCL 33 _ Corpo, técnica, subjectividades Ensaios Modificações corporais na cultura contemporânea: Produção auto-engendrada do simbólico e acesso ao corpo vivido

RCL 33 _ Corpo, técnica, subjectividades

Modificações corporais na cultura contemporânea: Produção auto-engendrada do simbólico e acesso ao corpo vivido

O artigo discute como a ênfase crescente dada na nossa sociedade contemporânea aos diversos procedimentos de cuidados corporais, médicos, higiénicos e estéticos leva à formação de novas formas de sociabilidade e de identidades somáticas, às bioidentidades, as quais têm deslocado para a exterioridade o modelo internalista e intimista de construção e descrição de si. Num segundo momento serão feitas algumas reflexões sobre as modificações corporais, as quais, por um lado, no nível biopolítico/biossocial parecem seguir o padrão identitário e apolítico das biossociabilidades contemporâneas e da ideologia da fitness, por outro lado, no nível fenomenológico, constituem esforços de fugir da cultura da aparência e de recuperar uma dimensão do vivido corporal.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.