Home Edições RCL 32 _ Ficções Ensaios Fernando Pessoa/Thomas Mann: António Mora-Fernando Pessoa e a ficção sanatorial do "médico da cultura" (De A Montanha Mágica para "A Casa de Saude de Cascaes" ou vice-versa)

RCL 32 _ Ficções

Fernando Pessoa/Thomas Mann: António Mora-Fernando Pessoa e a ficção sanatorial do "médico da cultura" (De A Montanha Mágica para "A Casa de Saude de Cascaes" ou vice-versa)

A investigação feita no espólio de Fernando Pessoa que resultou, entre outras publicações, na posterior edição crítica das «Obras de António Mora», recentemente editadas por nós (Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 2002), demonstrou que a teia intersticial da ficção heteronímica pessoana ainda possui algumas vertentes essenciais, desconhecidas do grande público. Com este artigo pretende-se, em traços largos, não só chamar a atenção para essa figura fundamental do neopaganismo pessoano como, simultaneamente, partindo da génese sanatorial do seu retrato de «médico da cultura» (o Dr. António Mora tem a sua epifania figurativa no conto «A Casa de Saude de Cascaes»), estabelecer as relações ficcionais existentes com um autor e texto, igualmente sanatorial, seu contemporâneo: respectivamente, Thomas Mann e A Montanha Mágica. Com este artigo abre-se o leque do tema da ficção, central a este número da RCL.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.