Home Edições RCL 30 _ Pop Ensaios Ars scribendi: Do grafo ao graffiti

RCL 30 _ Pop

Ars scribendi: Do grafo ao graffiti

Os graffitti são utilizados por bandos de rua para marcar e delimitar territórios. Mais do que discutir se o graffitti releva ou não do estatuto de arte, há que perceber o que ele revela: a negação do sentido e da referência, ao criar um mundo impenetrável, mas que se impõe como obstáculo na vasta rede de comunicação. A opacidade comunicacional do graffitti vem mostrar que ele deve ser antes de mais analisado topologicamente, no quadro do espaço urbano, e na reacção que institui com o corpo. É esta a perspectiva aqui desenvolvida.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.