Home Edições RCL 30 _ Pop Ensaios Realidade ou ficção: Notas sobre alguns aspectos estruturais da influência da realidade contemporânea na formação da ficção televisiva

RCL 30 _ Pop

Realidade ou ficção: Notas sobre alguns aspectos estruturais da influência da realidade contemporânea na formação da ficção televisiva

Desde os anos 50, mas principalmente ao longo das últimas décadas, há dois conceitos, no campo das narrativas audiovisuais, que se têm vindo a cruzar, a complementar e a confundir-se. Os conceitos de «real» e de «ficção» estão, nos dias de hoje, expostos a um permanente oscilar entre o que se lhe diz e o que se lhe mostra. Não restam dúvidas de que às imagens da palavra é conferido um papel preponderante em todos os mecanismos sociais e culturais de construção de discursos de base tecnológica, nomeadamente aqueles que se referem aos discursos ficcionais do audiovisual. As características particulares da organização social em que nos movimentamos têm contribuído de forma decisiva para uma cada vez maior imposição dos discursos da imagem sobre outras formas de construção narrativa, o que tem obviamente proporcionado à televisão um terreno fértil para administrar, gerir, fundir, sustentar e sobretudo unir os termos deste binómio «realidade/ficção». Em relação à informação que nos é veiculada pela televisão, seja ela sustentada pela realidade (as notícias por exemplo), ou baseada na realidade (como é o caso da ficção), existem diversas regras intrínsecas e exemplos que se associam ao dispositivo tecnológico para formar os modelos estabelecidos de realidade e de ficção. Um excelente exemplo de um destes modelos de construção narrativa pode ser observado através da influência que ainda hoje o conteúdo da poética aristotélica exerce sobre muitas das principais técnicas de construção do discurso de informação. Este artigo lida com os modelos de real e de ficção que a televisão criou ao longo das últimas décadas suportada nas mais variadas estratégias discursivas e tecnológicas. Interessa-nos sobretudo perceber de que forma é que os mecanismos dramáticos e emocionais da poética foram apropriados pelo dispositivo televisivo por forma a constituir-se um novo sistema de relacionamento entre o real e o ficcionado.

Navegação

Contacte-nos

icon-addressRevista de Comunicação e Linguagens
Centro de Estudos de Comunicação e Linguagens
Av. de Berna, 26-C, 5.º andar, sala 506
1069-061 Lisboa PORTUGAL

icon-phone(+351) 21 795 08 91

icon-fax(+351) 21 795 08 91

icon-emailEste endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.